Dinheiro na Internet

É possível ganhar dinheiro pela internet?

Essa ainda é a pergunta de muitos usuários das redes sociais e de muitas pessoas que são leigas no assunto. Porém, não só é possível, como tem sido muito comum ganhar dinheiro com a internet. Hoje vamos apresentar algumas formas, que não precisam de tanta formação, e que transformam qualquer pessoa curiosa e determinada em um possível candidato a fazer uma renda extra – e até uma boa renda, com a internet.

Lembrando que se você quiser trabalhar com a internet, é necessário ter uma boa conexão. Conheça o melhor plano para você aqui: comparaplano.com.br!

Marketing de afiliados

Um dos assuntos mais falados quando o assunto é dinheiro com a internet. O marketing de afiliados consiste em pessoas que ganham comissões por vendas de cursos e infoprodutos de terceiros na internet. A cada venda realizada por um link exclusivo, uma comissão entra automaticamente para o vendedor, e após alguns dias ele pode receber o valor pela venda. É possível fazer essas vendas através das redes sociais, dos blogs, de canais no Youtube e afins. Os links e o acesso as vendas são concedidos pelos criadores dos infoprodutos, e geralmente essa ligação acontece por plataformas voltadas exclusivamente para vendas de cursos e produtos digitais, (Hotmart, Monetizze, entre outras). Essa forma exige uma certa determinação do vendedor, visto que nem sempre é tão fácil convencer as pessoas a comprarem o produto que você está vendedo. Porém, pessoas que possuem um poder de convencimento, uma boa COPY, e um bom papo, são totalmente capazes de ganhar um bom dinheiro através das vendas digitais.  

Criadores de conteúdo

Esse espaço tem sido bem disputado nos últimos tempos, e cada dia surge um novo criador de conteúdo digital. Os blogueiros, youtubers, instagrammers, entre outras nomeações, são pessoas que criam conteúdos através da internet, geram engajamento, constroem audiência, e consequentemente atraem os olhos das grandes marcas, que buscam pessoas capazes de fazerem uma boa propaganda na internet, (e que estão dispostas a pagarem bem). Com isso, as famosas propagandas de TV passam com força para as redes sociais, e possuem essas pessoas como porta-voz. Se você é bom em comunicação, não tem medo de falar em frente às câmeras e gosta de novidades, talvez esse cenário seja o seu.

Freelancers

Oferecer serviços e trabalhos pela internet também pode gerar um bom dinheiro. Muitos estão fazendo disso não apenas uma renda extra, mas sua profissão definitiva. Se você tem habilidades que podem gerar soluções, sanar problemas de pessoas e empresas, você pode vender esse conhecimento, prestar serviços, e obviamente ganhar por isso. Quem trabalha como freelancer tem uma certa autonomia, pode trabalhar em casa, definir juntamente com o cliente os prazos e valores.  A Época Negócios definiu os 50 trabalhos de freelancers que foram mais requisitados e bem pagos em 2018. São eles:  

1. ASP – 54.8% 

2. React.js (biblioteca JavaScript) – 25.4% 

3. XML – 23.8% 

4. Análise estatísitca – 23.3% 

5. Escrita acadêmica – 23.1% 

6. Adobe InDesign – 21.4% 

7. Engenharia Mecânica – 18.3% 

8. Estatística – 18% 

9. Laravel – 17.4% 

10. Algorítimo – 15.1% 

11. Programação de banco de dados – 14.7% 

12. Desenvolvimento de games – 13.5% 

13. Testes / QA (Quality Assurance) – 12.4% 

14. Engenharia – 12.3% 

15. Reescrita de artigos – 11.3% 

16. Blog – 10.5% 

17. Escrita de livros – 10.4% 

18. SolidWorks – 10.2% 

19. Engenharia Elétrica – 10% 

20 .Ghostwriting – 9.9% 

21. Ionic Framework – 9.7% 

22. Node.js – 9.4% 

23. Windows desktop – 9.1% 

24. 3ds Max – 9.1% 

25. Serviço ao cliente – 8.6% 

26. Design gráfico – -5.1% 

27. Cartões de negócios – -5.7% 

28. Branding – -5.9% 

29. CodeIgniter – -5.9% 

30. PSD para HTML – -6.1% 

31. Marketing de massa – -6.3% 

32. Twitter – -6.4% 

33. Ipad – -6.4% 

34. Apresentações – -6.6% 

35. UI / IA – -6.7% 

36. Adobe Illustrator – -6.9% 

37. Fontes de fornecimento – -7.1% 

38. Teste de software – -7.5% 

39. Carrinho de compras – -8.6% 

40. Instalação de blogs – -8.6% 

41. PrestaShop – -8.8% 

42. Administração de sites – -8.8% 

43. Desenvolvimento de software – -8.8% 

44. Blockchain – -9.7% 

45. CSS3 – -10.9% 

46. Fotografia – -12.1% 

47. Redes sociais – -14.4% 

48. Desenvolvimento de app – -16.3% 

49. Bitcoin – -22.3% 

50. Youtube – -23.1% 

Você se encaixa em algumas dessas características, está precisando de grana extra e acha que possui potencial para trabalhar com a internet? Talvez esse universo seja para você, e ele é bem promissor. Futuramente, esses serviços serão ainda mais requisitados e bem pagos. Por isso, invista em uma boa internet e computador, e nos aparelhos necessários para a função digital que você vai exercer. Lembre-se sempre de se atualizar e buscar conhecimento na área digital, esse é um ponto chave de grande importância que pode te colocar muito á frente de outras pessoas, ou te deixar lá atrás.